Aula - História do radiojornalismo no Brasil
Fale conosco (86) 98825-6602

Aula - História do radiojornalismo no Brasil

A aula de história dos meios resgata a importância e o inicio do rádiojornalismo no Brasil


 

História do radiojornalismo no Brasil

O rádio surgiu no século XX. A invenção do rádio é atribuída ao italiano Guglielmo Marconi, mas o instrumento reúne uma série de descobertas anteriores. No Brasil, a primeira transmissão ocorre ainda em 1923, feita pelo Padre Brasileiro Edgard Roquete Pinto e Henry Morize. A partir disso a sociedade brasileira teve a oportunidade de ficar por dentro das notícias sem precisar sair de casa. Em 1925 a Rádio Sociedade com o Jornal da manhã, inaugurou as transmissões jornalísticas no rádio. Na época, basicamente eram lidas as notícias retiradas dos jornais impressos.

O “Repórter Esso” foi criado em 1941, e tinha como slogan “Testemunha ocular da História” na Rádio Nacional do Rio de Janeiro, vindo para revolucionar a forma de fazer radiojornalismo. Tinha um formato inovador e buscava manter a população informada sobre os fatos que ocorriam na época, principalmente, através de matérias enviadas por uma agência internacional de notícias sob o controle dos Estados Unidos. Este fato ocorreu em meio à segunda guerra mundial. Os brasileiros aguardavam ansiosamente, informações sobre a guerra. Assim, o rádio se tornava uma ferramenta muito ágil e importante para transmissão de notícias.

O formato do “Repórter Esso” trazia informações com estilo curto e direto e tinha grande credibilidade. Ficou no ar por 27 anos no rádio. O programa noticiou grandes acontecimentos nacionais e internacionais, como o fim da segunda guerra mundial, o suicídio de Getúlio Vargas em 1954, a explosão da bomba de hidrogênio e a vitória de Fidel Castro na Revolução Cubana.

O “Repórter Esso” encerrou suas transmissões em 31 de dezembro de 1968. Na edição, foi realizada uma retrospectiva com todas as notícias apresentadas nos 27 anos de história. O locutor Roberto Figueiredo se emociona e chora, ao ler um resumo das principais notícias divulgadas ao longo dos 27 anos do noticiário.

O Grande Jornal Falado Tupi, da Rádio Tupi de São Paulo também marcou na história do radiojornalismo, entrando no ar um ano depois da estreia do “Repórter Esso”. O programa tinha uma estrutura e periodicidade diária mais longa, e seguia os padrões de um jornal impresso, com manchetes e blocos de notícias organizadas por temas. Trazia uma linguagem especial, voltada para locução radiofônica.

Ao longo da história o modo de fazer radiojornalismo foi mudando, sendo as notícias transmitidas de maneira mais leve, onde a informação começou a dividir espaço com música e entretenimento.

Dê sua opinião:


Veja também:

Cuidados com a voz foi assunto do Mais Comradio

Cuidados com a voz foi assunto do Mais Comradio

Filmes que os protagonistas são jornalistas

Filmes que os protagonistas são jornalistas

PARABÉNS: Relação de Alunos aptos a Colar Grau - Turmas 2018/2

PARABÉNS: Relação de Alunos aptos a Colar Grau - Turmas 2018/2