Rádio: Do Offline ao Online
Fale conosco (86) 98825-6602

Rádio: Do Offline ao Online

Nesse sexto capítulo você vai saber tudo sobre o surgimento da rádio e suas evoluções até hoje e a transição da rádio offline para online.


Por: Matheus Lima

A invenção do rádio é atribuída ao italiano Guglielmo Marconi, mas o instrumento reúne uma série de descobertas anteriores.

O rádio é a união de três tecnologias, a telegrafia, o telefone sem fio e as ondas de transmissão.

Para começarmos vamos falar da pessoa responsável por mostrar ao mundo a rádio como a conhecemos.


Guglielmo Marconi


Marconi é considerado o pioneiro da transmissão via rádio. Em 1896, foi para a Inglaterra, depois de verificar que não havia nenhum interesse por suas experiências na Itália. Em 1899, teve sucesso na transmissão sem fios do código morse através do canal da Mancha. Dois anos mais tarde, conseguiu que sinais radiofônicos chegassem até a Nova Zelândia. A partir daí, fez muitas descobertas básicas na técnica radiofônica. Em 1909, recebeu, com Karel Ferdinand Braun, o Prêmio Nobel de Física. Em 1929, em reconhecimento por seu trabalho, recebeu do rei da Itália o título de marquês.


Primeira Transmissão de rádio

Em 1897, acontecia a primeira transmissão de rádio, as tentativas de Marconi em utilizar aparelhos transmissores de ondas curtas, a partir de 1916, levaram à realização, nos anos 1920, da primeira rede intercontinental de comunicação por rádio.

Quando Marconi começou suas experiências com transmissões, as ondas de rádio eram conhecidas como ondas hertzianas, por causa de Rudolf Heinrich Hertz, professor alemão de física que descobriu a existência das ondas eletromagnéticas (de rádio), em 1888. A conquista de Marconi foi conseguir produzir e detectar essas ondas em longas distâncias. Em 1931, transmitiu de Roma, por rádio, o sinal que ligou o sistema de iluminação do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. 

Numa ocasião, ao desembarcar com a mãe na Inglaterra, Marconi levava um transmissor na bagagem. Os funcionários da alfândega apreenderam o aparelho. Quando este foi devolvido, os inspetores disseram que haviam pensado se tratar de uma bomba. Ao ouvir a explicação, a mãe de Marconi respondeu: "E é mesmo. Não do tipo que explode o mundo, mas ela vai derrubar todas as paredes". 

Quando Marconi morreu, as estações de rádio em todo o mundo fizeram dois minutos de silêncio. 


Brasil injustiçado?

Apesar de Guglielmo ser o mais conhecido em todo o mundo quando se fala da invenção do rádio, um cientista brasileiro expôs suas descobertas em São Paulo muito antes de Marconi e de outros: o pioneirismo do padre Roberto Landell de Moura no rádio só não foi reconhecido porque ele não fazia parte da comunidade científica internacional, sediada na Europa e nos Estados Unidos.


Agora que você sabe sobre a rádio, você tem que conhecer a evolução dos aparelhos de som.


Você já parou para pensar como os aparelhos de som são algo fantástico? Imagina a emoção de uma pessoa lá no século XIX, desconectada de qualquer tecnologia, em um local remoto, ao ouvir vozes e aparelhos saindo de uma caixa. Com certeza foi uma revolução da tecnologia e nem sempre percebemos o quão transformadora foi.

fonógrafo Édouard-Leon Scott

 

Em 1857, surge o Fonógrafo, que foi o primeiro aparelho de som criado pelo francês Édouard-Leon Scott e aprimorado, anos depois, por Thomas Edison. Ele era utilizado primeiramente pra gravação de mensagens e posteriormente para registro musical. Foi o primeiro aparelho capaz de reproduzir sons gravados previamente.

 

Em 1887, o alemão Emile Berliner inventou o gramofone e foi o primeiro aparelho que reproduzia sons de discos. Discos esses, também criados por Emile.

 

Em 1935, a empresa alemã I. G. Farben foi a responsável pela criação de uma fita magnética de rolo. Surpreendentemente foi na década de 30 que surgiu o Gravador Cassete, também conhecido como Magnetofone. Porém, ela era totalmente diferente  daquela que, talvez você se lembre e que iria surgir muitos anos depois.

 

Com a popularização dos discos de vinil, ficou mais fácil para promover artistas, pois eles eram capazes de reproduzir um álbum completo.

 

Durante a Segunda Guerra, o Magnetofone foi revolucionário pois permitia a gravação de discursos que eram reproduzidos posteriormente nas rádios. O Gravador de Cassetes, surgiu em 1963 com a Philips, na Holanda e para encorajar a utilização do aparelho pelo mundo, a empresa liberou a patente para todos aqueles que se interessassem.

 

Enquanto isso, usando princípios da fita magnética, no japão era desenvolvida secretamente o projeto da fita VHS, cujo primeiro protótipo apareceria em 1972. O primeiro aparelho para reproduzir as fitas VHS surgiu em 1976, também no Japão. Foi nessa década que a ideia do cinema em casa surgiu, o que posteriormente viria a existir uma grande procura pela qualidade sonora e de imagem.

 

Pouco tempo depois surgiram as fitas K7  e por muito tempo, juntamente com os discos de vinil, elas foram utilizadas por muito tempo. Durante essa época começaram a ser usados os Micro-Systems que possibilitava reproduzir fitas magnéticas e ondas de rádio. Foi então que as coisas começaram a evoluir ainda mais rapidamente, com o surgimento do Walk-Man, no início da década de 80. A popularidade continuou até mais ou menos o final da década de 80, quando começaram os CDs (Compact Discs).

 

Em 1996 surgiu o primeiro filme em DVD: Twister. Porém aqui no Brasil, devido a forte desvalorização da moeda, a tecnologia só foi se popularizar em 2002.

 

Depois disso, o Walk-Man transformou-se em Disc-Man e então, com o surgimento da música digital, o MP3 Player, em 1997. Logo em seguida em 2001, Steve Jobs apresentou ao mundo, o primeio IPOD. Isso ajudou no surgimento e na personalização de muitos celulares hoje em dia, provavelmente, sem o IPOD, não teríamos o Iphone.

 

Até 2011, já existiam os discos de Blu-Ray, que possuíam alta definição e qualidade, além de fornecer uma nova tecnologia 3D. O cinema em casa está com sua total qualidade com a ajuda dos mais variados e tecnológicos home theaters. A composição de um sistema de home theater é fácil e complexa ao mesmo tempo por existir grande variedade de produtos. Muitos são importados, com manual de instruções em outra língua o que dificulta na hora de instalar ou de buscar maiores informações


Leia mais:

Capítulo 1:  Comunicação: O início de tudo

Capítulo 2: Pombos-correios: os comunicadores do ar

Capítulo 3: jornal impresso: De Júlio César a Gutenberg

Capítulo 4: telégrafo: Criador e Criatura


Fontes:

https://www.ebiografia.com/steve_jobs/

https://www.todamateria.com.br/historia-do-telefone/

https://www.infoescola.com/curiosidades/historia-do-telefone/

http://www.projetos.unijui.edu.br/matematica/capacitacao/capacitacao/ccpmem/fabiana/fabiana_comput.htm

https://brasilescola.uol.com.br/datas-comemorativas/dia-telefone.htm

Dê sua opinião:


Veja também:

Curso Técnico de Rádio & TV

Curso Técnico de Rádio & TV

ESCOLA COMRADIO ABRE PROCESSO SELETIVO

ESCOLA COMRADIO ABRE PROCESSO SELETIVO

Séries para maratonar com o Crush

Séries para maratonar com o Crush