Aluno da Comradio, integra equipe de reportagem da TV Band Piauí
Fale conosco (86) 99495-8096

Aluno da Comradio, integra equipe de reportagem da TV Band Piauí

"Na Comradio aprendemos a base que todo profissional de TV e Rádio precisa", declara Renato Montanha


Tony Trandade e Renato Montanha aluno da Escola Comradio

A Comradio contínua possibilitando a entrada de profissionais no mercado de trabalho de comunicação. Desta vez o aluno do curso de Rádio e TV, Renato Montanha inicia uma nova fase em sua vida, ele compõe a equipe de reportagem da TV Band Piauí.

Você já tem uma longa experiência de vida profissional. Quais foram os grandes aprendizados ao longo desse tempo?

O maior aprendizado que tenho das vitórias é derrotas da vida é que a humildade não te faz melhor do que ninguém, mas diferente de muitos.

Qual sua formação profissional?

Cursei Administração, Direito e Educação Física sem conclusão de nenhum dos três cursos. Hoje sou estudante da Comradio.

Como a comunicação entrou na sua vida?

Sempre fui uma pessoa extremamente comunicativa, no esporte sempre fui um líder e trabalhei com gestão de pessoas e merchandising na TV.

Porque você escolheu a Escola Comradio?

A possibilidade de trazer conhecimento técnico a toda minha vontade de fazer Rádio e TV.

Você tem um novo desafio na comunicação que é ser repórter de um programa local. Como a escola Comradio colaborou ?

Em tudo, na Comradio aprendemos a base que todo profissional de TV e Rádio precisa saber e até mesmo se atualizar.

Me conte como será essa nova experiência, como será seu trabalho de repórter deste programa?

Uma nova proposta para a TV Piauiense, levando denúncias as autoridades e cobrando apuração da mesma. Olhando para as comunidades e guardando o direito do consumidor.

Dê sua opinião:


Veja também:

“A Tecnologia não deve ser considera uma solução para os problemas e dilemas da sala de aula

“A Tecnologia não deve ser considera uma solução para os problemas e dilemas da sala de aula", diz Cledinálva.

"Uma cidade limpa é uma cidade que reduz o índice de doenças", afirma Lílian Guimarães

Em 2017 35,3 mil pessoas morreram em acidente de trânsito

Em 2017 35,3 mil pessoas morreram em acidente de trânsito