"Tudo que eu tenho aprendido na Comrádio eu tenho levado para produção", diz José Armando
Fale conosco (86) 99495-8096

"Tudo que eu tenho aprendido na Comrádio eu tenho levado para produção", diz José Armando

Aluno da Escola Comradio, José Armando está produzindo um documentário que conta a história da Igreja Cristo Libertador no bairro Colorado


Um documentário é uma produção artística que pode ser fictício ou não, que objetiva explorar algum fato relevante na sociedade. A Igreja Cristo Libertador no bairro Colorado, este ano completa 10 anos que foi intitulada como paróquia. E para homenageá-la, José Armado, aluno da Escola Comradio, está produzindo um documentário contando toda a história do templo.


José Armando (Foto: reprodução)

José Armando, é assistente social e faz parte da turma C35. Católico praticante, participa do movimento EJC - Encontro de Jovens com Cristo, do Ministério de Música e da Pastoral da Comunicação. O assistente social fala como nasceu a ideia. “Quando a Pascom da minha paróquia me convidou para ajuda-los nas reportagens, produzindo algumas  matérias especificas para a Igreja, tive a ideia de fazer um documentário para homenagear nossa paróquia que há uma década vem evangelizando e fazendo a diferença na sociedade”, disse o aluno.


Foto:reprodução


Uma paróquia é “uma comunidade de fiéis cristãos constituída de forma estável”, diz o Código do Direito Canônico. Ela é organizada com uma Igreja Matriz (a sede da paróquia), as comunidades, e é conduzida por um padre com ajuda dos leigos. José Armando fala da ideia de incluir as comunidades e algumas pessoas que fizeram parte da paroquia no documentário. “Esse trabalho contempla as comunidades que fazem parte da paróquia, homenageando cada uma e ao mesmo tempo  fazer um resgaste de  algumas pessoas que contribuíram com a história da igreja”, conta, José Armando.



Foto:reprodução

A produção de um documentário requer uma pesquisa detalhada do histórico daquilo que há o desejo de se explorar no audiovisual. No entanto é preciso do uso de algumas técnicas específicas da comunicação. “Tudo que eu tenho aprendido na  Comradio estou levado para produção do documentário. E até ensinado algumas coisas para os meninos que da equipe como:  captar imagem, a ordem de uma matéria que tem os offs,  a cabeça da matéria e todas aquelas coisas que os professores nos ensinam em sala de aula. Tem sido uma troca de aprendizado, porque eles tem muito conhecimento e estão me ensinado também", acrescenta  o aluno.



Foto:reprodução

José Armando, conta como está sendo a experiência com repórter. “Tudo que um repórter  faz, como fazer matéria em rua, fazer off, cabeça entre outra coisas de fato estou fazendo e tem sido bem interessante. Eu tinha vergonha de falar em público, mas isso não tenho mais. Às vezes a gente parava em um certo local e as pessoas ficam observando, tinham alguns que  até nos gravavam. E tinham aqueles curiosos que passavam e nos olhavam fixamente para ver o que estávamos fazendo”, lembra, José Armando.

“Estou aprendendo muito. Não temos todos os equipamentos, mas estamos procurado fazer bom uso, tanto de conhecimento quanto de material. A equipe é muito dedicada. Tem sido algo muito interessante e prazerosa”, afirma, José Armado.

O documentário está previsto para ser lançado no mês de dezembro e será exibido na Igreja Matriz Cristo Libertador.

Dê sua opinião:


Veja também:

Projeto Mulheres de Visão participará do RECONECTA 2020

Projeto Mulheres de Visão participará do RECONECTA 2020

Fact checking é tendência profissional para 2021

Fact checking é tendência profissional para 2021

Mulheres são vítimas de deepfake pornográficas

Mulheres são vítimas de deepfake pornográficas