7 Dicas para dominar a arte de falar bem com qualquer pessoa
Fale conosco (86) 98825-6602

7 Dicas para dominar a arte de falar bem com qualquer pessoa

Tem gente que tem facilidade sai falando por aí com uma eloquência de dar inveja


Tem gente que tem facilidade sai falando por aí com uma eloquência de dar inveja, mas não se engane achando que isso é uma dádiva natural. Existem jeitos de você fazer a mesma coisa. Afinal falar bem é uma arte, mas com muito esforço e estudo é fácil dominar essa arte de falar, seja em público ou em um bate-papo entre amigos.

O mais importante é você ter em mente que conseguir dominar isso te abrirá tantas portas e oportunidades que é impossível deixar de lado essa possibilidade.

Algumas dicas para dominar a arte de falar

Esqueça os 10% de inspiração, existe 90% de transpiração que garantem que você irá aprender e dominar essa arte. Conte com os 10% apenas para abrilhantar os momento e não como muleta. Afinal, nenhum grande artista vive de inspiração.

A arte de falar é  mais transpiração do que inspiração

Confira então uma lista de dicas que te farão dominar essa técnica, tanto em palestras, discursos e reuniões, como no dia-a-dia.

#1 Dominando a linguagem corporal

Talvez umas das dicas mais antigas e que ainda mais deem resultados é usar a linguagem corporal a seu favor. Afinal, seu corpo fala, então é melhor que ele faça também um belo discurso.

E algumas dicas simples ainda parecem fazer muito efeito. Mantenha os pés sempre no chão, não se apoie em lugar nenhum e descanse, esse “equilíbrio” transparece para a plateia e lhes passa confiança.

Se movimente no palco com parcimônia, não fique andando para lá e para cá apressadamente, seja pontual. Se mova de um lugar para o outro para dominar o espaço, ou vá em direção ao público quando for contar algo mais íntimo ou algum detalhe diferente. Como se estivesse contando um segredo.

Treine de frente a um espelho e veja se suas expressões condizem com o que você está falando.

#2 Adapte o discurso para quem te ouve

Não adianta fazer uma palestra para um grupo de trabalhadores rurais e criar um discurso pomposo como se estivesse falando para altos executivos. E isso vale para tudo, desde reuniões até discursos, passando pelo bate-papo do dia-a-dia.

A arte de falar depende de modelar o disucrso

Entenda seu público, tente descobrir quem ele é e use sua linguagem. Se aproxime deles. Lembre-se que quanto mais você conseguir ser claro para eles, mais fácil eles absorvem a informação.

É importante que eles sintam que aquilo foi feito para ouvirem e não é apenas uma repetição qualquer. Eles precisam se sentir únicos.

#3 Tenha autoridade no que está falando

Parece maluquice ter que falar isso, mas não é. Não adianta fingir, se vai falar sobre algo, estude muito sobre aquilo. E quanto mais você estudar e souber o que está falando, mais fácil de dominar a tal da arte de falar.

Simples, já que você terá confiança no que está falando. Não escorregará e nem se deixará levar por dúvidas. Então tenha em mente, para dominar a arte de falar, o primeiro passo é saber bem do que você está falando.

#4 Bom vocabulário e pronúncia

E aqui duas dicas em uma. A primeira delas é ter um vocabulário desenvolvido, quanto mais palavras e expressões você tiver em seu repertório, mais fácil de expressar o que você quer dizer com clareza e eficácia.

Mas não confunda isso com usar palavras difíceis para mostrar que leu o dicionário, mas sim ter saídas diferentes para ideias semelhantes e recursos para não repetir ideias e expressões.

Vocabulário e pronúncia são prioridade na arte de falar

E quanto mais você tiver esse conteúdo em mãos, mais importante ainda você conseguirá dizê-lo com segurança. Fale as palavras inteiras, com todos “Rs” e “Is”, sem esquecer dos “Ss” nos plurais. Mantenha ainda um ritmo intenso e velocidade que permita que todos entendam todas palavras.

#5 Escute seu público

Essa dica, diretamente, não vale tanto para palestras e discursos, mas é importante para o dia-a-dia, seja no escritório ou em casa. Escute o que as pessoas têm a falar, aprenda com cada palavra, não se afobe e não interrompa.

Escutar as pessoas as deixa confortáveis e fazem com que depois disso escutem você melhor. Nas palestras, uma forma de fazer isso é abrindo espaços para a plateia falar.

#6 Encontre a sua própria personalidade

Não adianta olhar aquele palestrante que você acha incrível e querer copiá-lo. Use de inspiração e referência, mas siga seu próprio caminho. Quanto mais à vontade com você mesmo, mais seu público fica à vontade com você.

Erre, corrija, volte atrás e lapide, quando você ver, vai perceber que não é mais uma persona ali conversando com seu público, mas sim você mesmo. Seu eu verdadeiro. E não há ninguém melhor para você ser do que você mesmo.

Desenvolva sua personalidade na arte de falar

Costumam me perguntar quais palestrantes são minha referência. Na primeira vez que me perguntaram isso, refleti e cheguei à conclusão que nenhum. Eu me inspirei em muitos comunicadores, mas nenhum palestrante. E isso me permitiu criar uma personalidade única.

#7 Sempre que possível, conte histórias

Esqueça aquele conceito moderno de storytelling e contar historinhas. Isso funciona, mas é só mais um termo para coisas que já existiam. O que importa aqui é você estar à vontade com seu roteiro, não deixar que ele pareça pular de um lugar para outro sem sentido.

É preciso ter começo, meio e fim. Crie uma “timeline” em que sua palestra siga com precisão. Apresente o assunto, desenvolva-o, defenda uma opinião e passe algum conteúdo, no fim, reafirme tudo que disse e conclua.

Está pronto para dominar a arte de falar em público?

Mas é como eu disse lá no começo, tem gente com mais facilidade na arte de falar, da eloquência e do discurso, mas não é por isso que você deverá desistir de chegar no mesmo nível deles. Para isso, é preciso treinar e se esforçar, de repente até descobrir que você tem isso que todo mundo chama de dom.

Mais importante é ter em mente que isso irá lhe abrir tantas possibilidades e caminhos que é impensável não tentar dominar a arte de falar em público.

Dê sua opinião:


Veja também:

Cuidados com a voz foi assunto do Mais Comradio

Cuidados com a voz foi assunto do Mais Comradio

Filmes que os protagonistas são jornalistas

Filmes que os protagonistas são jornalistas

PARABÉNS: Relação de Alunos aptos a Colar Grau - Turmas 2018/2

PARABÉNS: Relação de Alunos aptos a Colar Grau - Turmas 2018/2